Artigos

Não tem como se enganar, não era para ser mesmo, mas a insistência e a carência de um amor faz com que aceitemos migalhas e deixemos que outra pessoa determine as nossas emoções. Assuma o controle da sua vida, não deixe ninguém te desvalorizar, te usar, te menosprezar. Ainda não acabou, dá tempo, se você se concentrar nos seus sentimentos, nas suas necessidades, no seu autoconhecimento. Enfrente a solidão da sua decisão, vai doer, mas você vai se libertar. Assuma sua responsabilidade e determine que tipo de relacionamento que você quer viver. Relacionamentos necessitam ser saudáveis, só fique onde você é importante! Você não está só, eu estou aqui para te ajudar! Vamos falar mais sobre isso?

Os artigos mais lidos

Quando foi a última vez que você exerceu seu amor-próprio?

Quando foi a última vez que você exerceu seu amor-próprio?

Na busca desesperada de viver um grande amor nos perdemos e acabamos convivendo com máscaras, sem au...

Saiba mais
É possível determinar como deve ser o amor?

É possível determinar como deve ser o amor?

Será que é possível determinar como deve ser o amor? Explore as cinco linguagens do amor e veja como...

Saiba mais
Como resolver um término de relacionamento?

Como resolver um término de relacionamento?

Uma separação não é fácil, há tanta emoção envolvida e necessidades não reveladas. Cada um com a su...

Saiba mais